• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Domingo, 29 Novembro 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qua.
 18° / 5°
Períodos nublados
Ter.
 19° / 9°
Céu limpo
Seg.
 17° / 9°
Períodos nublados com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  16° / 8°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 
 Últimos artigos por...

José Mota Pereira

 

Onde pára o PS? - josé mota pereira »  2020-11-21 

Vivi algum tempo nos Açores, onde contactei com uma realidade social e política muito diversa daquela a que estava habituado por estas paragens. Nesse período, a transição do poder político passava de Carlos César para o seu sucessor, Vasco Cordeiro, de forma absolutamente tranquila, com o PS exercendo uma maioria eleitoral que a toda a gente parecia vir a ser eterna.

Só vivendo n... (ler mais...)


FUI LÁ ATRÁS, VOLTO JÁ - josé mota pereira »  2020-11-06 

Passados três meses da sua aquisição, o smartphone decidiu entregar a alma ao criador, pelo que o cronista teve que o substituir temporariamente, aguardando a devida recuperação do paciente tecnológico. Sendo a doença temporária e recuperável no prazo razoável de três semanas, decidiu o cronista investir a modesta quantia de cerca de vinte moedas de euros na aquisi&cced... (ler mais...)


O pau da República - josé mota pereira »  2020-10-09 

Na manhã outonal do 5 de Outubro de 2020, erguia-se majestoso no topo da praça o vigoroso mastro aguardando a bandeira republicana que deveria ter vindo. Vão longe os tempos da praça, que ainda antes ser deste dia de Outubro tinha o nome do último Bragança e recebia a visita do jovem rei dom Manuel, entre os aplausos da multidão que acenando ao ilustre lhe atirava "viva o rei dom manelinho que &... (ler mais...)


O ESPELHO - josé mota pereira »  2020-09-28 

Em 1992, ainda a RTP era a televisão única. Todas as quartas-feiras à noite o serão é dedicado a entrevistas protagonizadas por Carlos Cruz a uma série de personalidades. O espaço chama-se precisamente “Carlos Cruz - Quarta Feira” e numa noite a entrevista resultou numa conversa amena e franca. Porque entrevistador e entrevistado se entregaram um ao outro deixando para arquivo uma en... (ler mais...)


O rio do fururo - josé mota pereira »  2020-09-01 

Nos diferentes modelos de desenvolvimento para o concelho, há que reconhecê-lo, os poderes municipais estão muitas vezes limitados nos seus poderes de decisão. Mas, as suas decisões – ou não decisões – e aquilo que consideram estratégico, tem reflexos e consequências para o futuro dos concelhos.

Em Torres Novas, é assumido pelo poder autárquico que o... (ler mais...)


O AGOSTO QUE VIER - josé mota pereira »  2020-08-19 

Foi numa manhã de Agosto, que a Humanidade perdeu toda a vergonha, se é que ainda lhe sobrava alguma. Na cidade de Hiroshima, o cogumelo da morte subiu pelos ares semeando a morte e a destruição num dos maiores crimes cometidos contra a Humanidade. Um crime cometido pelos Estados Unidos da América para resolução de uma guerra que já estava resolvida. A devastaç&ati... (ler mais...)


As nossas vozes - josé mota pereira »  2020-07-27 

Muitas vezes, a comunicação social local é acusada de ser um instrumento ao serviço do caciquismo.

 Outras tantas vezes, também não é difícil de desmentir que a comunicação social local e regional (jornais e rádios) é apenas páginas de jornais ou horas de rádio vazias desprovidas de conteúdo ou interesse.

 Injusta ... (ler mais...)


TORRES NOVAS EM 1985: parabéns, cidade! - josé mota pereira »  2020-07-18 

Em 1985, as pessoas da zona alta vinham à vila. E diziam-no quando vinham ao centro! Ainda hoje, passados 35anos, vem-se à vila. Eram bem diferentes os limites físicos. A vila terminava junto à capela de Santo António e todas as urbanizações circundantes à Av. Sá Carneiro eram inexistentes. O Colégio Andrade Corvo era considerado fora da vila e a Serrada Grande era um lugare... (ler mais...)


SEQUESTRADOS - josé mota pereira »  2020-07-03 

Parece inevitável que no próximo ano, ano e meio, possamos desconfinar mais do que estamos. A surgirem alterações, será sempre no sentido do aumento do confinamento e não o seu contrário. Sem prazo à vista para que nos libertemos disto.
Até lá, temos de suportar o sequestro da vida social do ser humano. Suportar o sequestro do convívio familiar e dos amigos. A s... (ler mais...)


Dois mitos do desenvolvimento em Torres Novas - josé mota pereira »  2020-06-18 

O mito do emprego da “porta norte”

Nos últimos anos, a partir do posicionamento entre a A1 e a A23 que a estratégia(?) de desenvolvimento da economia e do emprego tem sido quase em exclusivo a instalação de bases logísticas das cadeias de distribuição/hipermercados. De facto, hoje quase todas as principais cadeias têm aqui instaladas bases de distribui&... (ler mais...)


Afinal até poderia ser um Deus, passeando pela brisa da tarde - josé mota pereira »  2020-06-07 

No final quente da tarde de sábado, soltou-se repentinamente da janela do prédio em frente o embalo harmónico de uma secreta concertina.
As Pombinhas da Catrina rasgam o silêncio daqueles poucos, que vão passando pela rua, de rostos devidamente cobertos pela máscara sanitária.
Deste lado, assobia-se com as Pombinhas.

A tarde cai assim lenta, enquanto na tv ligada na sala as not&... (ler mais...)


FOTO (QUASE COMO O CINEMA) PARAÍSO - josé mota pereira »  2020-05-25 

A notícia surgiu pelo facebook.
Cumprindo o ciclo da vida, noticiou-se o encerramento da Fotocor. Quem é de Torres Novas, sabe do que falo. Em Torres Novas, toda a gente conhece a Fotocor. Porque a Fotocor foi mais que um estabelecimento comercial.
Criada em 1975, no pós-revolução, quando os operários e os trabalhadores viram a sua vida melhorar, a corrida à compra de maquinas fotogr&... (ler mais...)


Poesia nos posters »  2018-09-12 

Eu não entendia. Nem poderia entender (aos seis, sete, oito anos de idade) o alcance daquelas palavras. Mas havia naqueles dois posters um magnetismo, uma espécie de magia que me prendiam às palavras que deles saltavam para os meus olhos. Pouco a pouco, fui percebendo naqueles posters que a poesia era mais que um conjunto de rimas alinhadas.

Um desses posters, estava afixado na montra da Casa Espanhol. Enquanto olh... (ler mais...)


Agosto »  2018-08-29 

O mês de Agosto vai-se despedindo, a pouco e pouco, nestes dias e noites quentes.

Não há novidade nisto: Agosto ainda é o mês em que, por todo o país, se toma conta dos largos e se dança, canta, convive nas festas populares, trazendo vida aos territórios a que chamamos aldeias e de onde, se há notícias ao longo do ano, é para contar do abandono e da desertifica... (ler mais...)


Restaurante de Serviço »  2018-03-08 

No Dia Internacional da Mulher multiplicam-se pelos restaurantes a realização de jantares comemorativos da efeméride. Embora a realização da maioria destes jantares ignore as verdadeiras e justas razões que estão na origem da consagração do dia 8 de Março, concordo com existência destes convívios onde afinal a alegria e o companheirismo relevam a importânc... (ler mais...)


Gritos mudos »  2018-02-15 

Cada noite de frio, cada rajada deste vento polar convocam-nos para escutarmos aqueles a quem falta o conforto mínimo do agasalho. Esses são muito mais do que aqueles que se recolhem nos recantos das ruas e recebem nestes dias o aparato mediático com políticos de afecto, oportunidade (ia a escrever oportunista vejam lá) e verbo fácil.

Falta agasalho também àqueles que empobrecem a... (ler mais...)


A Nikita em Torres Novas (ou uma crónica pessoal pouco ou nada revolucionária no Centenário da Revolução de Outubro) »  2017-11-29 

Recuemos a 1985. Ao final desse ano. Elton John lançou “Nikita” um dos seus maiores sucessos musicais. A temática era claramente influenciada pelo ambiente de mudança que se começava a viver na Europa de Leste, desde que em março, na União Soviética, Gorbachev chegara a secretário geral do PCUS, anunciando um plano de reformas – a Perestroyka – que viria a alterar ... (ler mais...)


Os operários da vila »  2014-08-22 
Importa dizer isto hoje: o falecimento de Francisco Canais Rocha é também a partida de um homem que pertenceu a uma geração notável de Homens e Mulheres nascidos num meio operário duro, difícil e vibrante como era o meio operário torrejano. Em meados do século XX, resistiram à ditadura fascista e deixaram passados largos anos, uma marca indelével na sua terra.

A ditadura fascista encontrou desde cedo, em Torres Novas fortes sector... (ler mais...)


Das Mulheres »  2010-03-12 
Comemorou-se no dia 8 de Março o dia Internacional da Mulher – há cem anos que é comemorado.

Entre jantares, flores e outros convívios sobrou em convívio e algum folclore aquilo que terá faltado em análise e discussão do mundo no feminino.

Descaracterizada do contexto histórico gerador, o 8 de Março é aproveitado ironicamente para esconder a verdadeira realidade da vida das mulheres.

Percebem-se algumas coisas: Percebe... (ler mais...)


… do lado de cá dos telescópios »  2010-03-04 
Sexta-feira, são quase quatro da tarde. Está na hora, de sintonizar o rádio do carro para a Antena 1. Sempre que possível e sempre que nos lembramos repetimos esta rotina às sextas-feiras.

Mal damos por isso e após alguns anúncios, saímos das nossa realidade terrena, os problemas e as alegrias desaparecem, e durante alguns minutos viajamos entre estrelas, satélites, galáxias e luas.

O cientista entusiasma-nos. Não nos vem fal... (ler mais...)


 

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2020-11-21  »  José Mota Pereira Onde pára o PS? - josé mota pereira
»  2020-11-21  »  José Ricardo Costa Ser Torrejano - josé ricardo costa
»  2020-11-06  »  Jorge Carreira Maia Hiperpolitização - jorge carreira maia
»  2020-11-21  »  Carlos Paiva Mais rápido que a própria sombra - carlos paiva
»  2020-11-06  »  José Mota Pereira FUI LÁ ATRÁS, VOLTO JÁ - josé mota pereira