• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Sábado, 19 Setembro 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Ter.
 26° / 16°
Céu nublado com chuva fraca
Seg.
 26° / 14°
Períodos nublados
Dom.
 25° / 17°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  24° / 16°
Períodos nublados com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Assim não! – caderno primeiro

Opinião  »  2017-02-16  »  Gabriel Feitor

"Continuo a afirmar que não existe um projecto que sustente o desenvolvimento do concelho"

Poderia abordar na crónica desta semana a questão dos refugiados acolhidos em Alcanena – assunto que, curiosamente, preencheu o espaço político da semana que passou – e a sua a sensacional recepção que envergonhou todos quantos primam pelo bom senso. Mas não. Disso já me pronunciei publicamente nas redes sociais.

Esta semana optei por uma questão mais vasta surgida numa das múltiplas viagens que faço pelo concelho. O que mudou, afinal, em 8 anos onde era prometido o paraíso eterno? É o que abordarei ao longo das edições do Torrejano com os cadernos “Assim não!”.


1. O desenvolvimento económico
Relativamente à transparência garantida, Alcanena, de 2015 para 2016, desceu no ranking do Índice de Transparência Municipal elaborado pela TIAC, de 142º para 187º, estando neste momento em 10º lugar no universo de 13 municípios do Médio Tejo. Era esta a transparência que prometiam para que no website da Câmara Municipal não exista qualquer informação sobre as remunerações e despesas de representação dos 4 membros a tempo inteiro do executivo e dos 3 elementos do seu gabinete?


Outro ranking, elaborado pela “Bloom Consulting”, cujos indicadores medem a qualidade de vida, o turismo e o espaço para fazer negócios, colocou o município, em 2015, em 185º quando há pouco mais de 10 anos nos encontrávamos em 22º no estudo realizado pela UBI.


Falemos, porém, de casos concretos. No que diz respeito ao desenvolvimento económico do concelho, o que foi feito em relação aos prometidos mais de 240 hectares no nó da A1/A23 (inicialmente 36 hectares com a suspensão do PDM junto àquela zona)? Está em curso algum tipo de investimento? Que tipo de incentivos tem e que conversações já entoou o município? Infelizmente, até agora só contemplamos o deserto. Se o concelho continua a ter boa posição relativamente às exportações apenas e só à iniciativa privada se deve. Não existe um projecto de iniciativa de diversificação das actividades económicas nem tão-pouco de instalação das chamadas novas indústrias. Porque não largarmos de vez o não funcional e faz-de-conta Centro de Acolhimento de Iniciativa Empresarial e seguimos o conceito bem-sucedido das Startup, à semelhança de outros municípios?


Continuo a afirmar que não existe um projecto que sustente o desenvolvimento do concelho nos diversos sectores e que ateste as suas particulares potencialidades a médio/longo prazo. Não vai ser mais outro plano estratégico, encomendado a empresas e escritórios, propositadamente apenas para ir buscar fundos comunitários. Isso já foi feito e não deu resultado.
Precisamos de uma alternativa plural, séria e responsável.
Assim não!

 

 

 Outras notícias - Opinião


A mesa - rui anastácio »  2020-09-12  »  Rui Anastácio

Tenho um certo fascínio por mesas. Ao longo da minha vida já mandei fazer algumas. Quase sempre mesas grandes e robustas. Onde se possam sentar muitas pessoas. Onde se possa beber um bom vinho, comer muito, conversar muito, discutir muito, praguejar, gritar, lutar por ideias e ideais.
(ler mais...)


Aventurazinha no Comboio Fantasma - miguel sentieiro »  2020-09-12  »  Miguel Sentieiro

Hoje apetece-me escrever uma história baseada em factos verídicos com algumas notas ficcionadas para se conseguir tornar a narrativa menos densa e nauseabunda. Um indivíduo com 80 anos entra na urgência do Hospital de Torres Novas com fortes dores abdominais.
(ler mais...)


Democracia e representatividade - mariana varela »  2020-09-12  »  Mariana Varela

A democracia é, essencialmente, um sistema político que assenta na soberania popular, isto é, um regime em que a legitimidade do poder político emana do povo. Definir ou explicar a noção de democracia não é difícil.
(ler mais...)


A ruptura do discurso - jorge carreira maia »  2020-09-12  »  Jorge Carreira Maia

Nos últimos tempos três assuntos têm concentrado os interesses das redes sociais que dão atenção ao fenómeno político. O racismo, a festa do Avante e a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento no ensino não superior.
(ler mais...)


As cabras do reino - carlos paiva* »  2020-09-12  »  Carlos Paiva

Era uma vez um reino. O rei tomou conhecimento que uma república aliada doava dinheiro a quem quisesse criar cabras com o intuito de limpeza do mato nas serras, de modo a diminuir o risco de incêndios. Uma solução barata, neste caso de borla, e acima de tudo não poluente, amiga do ambiente, tema muito em voga entre os gentios.
(ler mais...)


Fabrióleo: ir até ao fim - antónio gomes »  2020-09-12  »  António Gomes

O encerramento da Fabrióleo é um facto. O sofrimento das pessoas e o atentado ao ambiente estão agora mais próximos do fim. Quem não luta, não alcança.
Durante muitos anos, a poluição dos solos e das linhas de água foram a marca daqueles poluidores, nunca se importando com as consequências dos seus actos.
(ler mais...)


Agricultores - rui anastácio »  2020-09-01  »  Rui Anastácio

Falámos em Inglês. Não sei de onde vinham, vinham de bicicleta de bem longe, pela sua tez seriam originários do centro da Europa. Uma das bicicletas estava furada, com o pneu destroçado. Ofereci-lhes o meu spray antifuro.
(ler mais...)


O debate e a ditadura de pensamento - mariana varela »  2020-09-01  »  Mariana Varela

Nós, seres humanos, habitamos e partilhamos este mesmo Mundo, algo que nos une enquanto Humanidade. Ainda que todos façamos parte de uma realidade universal, possuímos uma identidade baseada nas nossas próprias experiências pessoais e características únicas.
(ler mais...)


O outro somos nós - margarida trindade »  2020-09-01  »  Margarida Trindade

Numa muito recente viagem de família, a dada altura e já próximos do destino, a fim de sabermos qual o caminho a tomar, parámos numa bomba de gasolina e baixados os vidros das janelas, lançámos às três pessoas sentadas na mesa da esplanada a demanda pela estrada a seguir.
(ler mais...)


O rio do fururo - josé mota pereira »  2020-09-01  »  José Mota Pereira

Nos diferentes modelos de desenvolvimento para o concelho, há que reconhecê-lo, os poderes municipais estão muitas vezes limitados nos seus poderes de decisão. Mas, as suas decisões – ou não decisões – e aquilo que consideram estratégico, tem reflexos e consequências para o futuro dos concelhos.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2020-09-01  »  José Mota Pereira O rio do fururo - josé mota pereira
»  2020-09-01  »  Rui Anastácio Agricultores - rui anastácio
»  2020-09-01  »  Mariana Varela O debate e a ditadura de pensamento - mariana varela
»  2020-09-12  »  Mariana Varela Democracia e representatividade - mariana varela
»  2020-09-01  »  Jorge Carreira Maia Saudades da ditadura - jorge carreira maia