• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Segunda, 14 Junho 2021    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qui.
 23° / 15°
Céu nublado com chuva fraca
Qua.
 29° / 17°
Céu nublado
Ter.
 35° / 17°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  32° / 17°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Entre o redil e o prado

Opinião  »  2020-02-08  »  Jorge Carreira Maia

"Em todos estes movimentos, que ocupam já o poder em grandes países, há desprezo ou mesmo um ódio declarado aos valores das Luzes."

Num dos artigos anteriores falou-se aqui do discurso do rancor que se desenvolve em Portugal. Esse discurso não é específico do nosso país, atinge os países ocidentais, nos quais, por um motivo ou outro, lavra uma cólera não disfarçada, um desejo de confronto cada vez maior, onde a normal divergência política ameaçar radicalizar-se, dividindo os campos entre amigos e inimigos. A desconfiança na democracia é grande, mesmo nos velhos baluartes do regime democrático como os EUA e o Reino Unido. No entanto, o que está em jogo, no actual ambiente, é muito mais do que um regime político.

Observe-se o movimento da Terra plana. Contra todas as evidências científicas, cresce um pouco por todo o lado uma opinião que quer contestar a forma esférica da Terra. Se fosse um acontecimento isolado, seria risível. Não é. Mais antigo e movido por razões religiosas, está o criacionismo que pretende ser uma teoria alternativa ao evolucionismo das espécies. Os criacionistas não lutam apenas contra a evidência científica, pretendem abolir a distinção fundamental entre ciência e religião, um dos pilares da modernidade. Só mais um exemplo, entre outros possíveis. O movimento antivacinas não põe em causa apenas a ciência, mas também a saúde pública, fazendo reaparecer doenças mortais praticamente erradicadas.

O desprezo pela democracia liberal e pelos direitos dos indivíduos não pode ser desligado destes movimentos anticientíficos. O que está em jogo em tudo isto é um ataque cada vez mais concertado à herança do Iluminismo. Certamente que este é criticável em alguns dos seus aspectos. No entanto, ele moldou aquilo que era, até há pouco, o ideal que guiava as sociedades democráticas e civilizadas: sermos pessoas livres, responsáveis pelo seu destino, racionais, comprometidas com a verdade do conhecimento. Em todos estes movimentos, que ocupam já o poder em grandes países, há desprezo ou mesmo um ódio declarado aos valores das Luzes.

O vigor com que as plebes democráticas ululam pelas redes sociais contra o mundo intelectual é o sinal do perigo em que vivemos. Talvez o programa iluminista, ao democratizar-se, tenha cometido um erro crucial. Muitos seres humanos não querem ser livres, não suportam o peso da responsabilidade individual e o imperativo de pensar por si mesmo para gerir a sua vida. Precisam de um pastor que os guarde e os dirija com mão de ferro. Parte significativa destas revoltas contraculturais e destes movimentos inorgânicos contra a democracia liberal poderão não ser mais do que o balir dos rebanhos chamando o pastor que, arrimado ao cajado, os conduza entre o redil e o prado.

 

 

 Outras notícias - Opinião


Liberal social… »  2021-06-14  »  Hélder Dias

O sabichão »  2021-06-04  »  Hélder Dias

Torres Novas somos nós - inês vidal »  2021-06-04  »  Inês Vidal

Avançamos por aí adentro para um ano de eleições autárquicas. Decidimos o futuro da nossa porta, aquele que está logo ali, mais perto, no imediato, que dita a nossa qualidade de vida assim que colocamos o pé fora da nossa casa.
(ler mais...)


P’la nossa saúde - antónio gomes »  2021-06-04  »  António Gomes

Os médicos de família e os centros de saúde são ou devem ser a base do Serviço Nacional de Saúde. É a proximidade entre os profissionais de saúde e a população que garante a boa qualidade do serviço, do atendimento a todo o tipo de cuidados prestados.
(ler mais...)


O rio Alnova e a nascente do Remonda - carlos paiva »  2021-06-04  »  Carlos Paiva

Os últimos dias destacaram-se por uma movimentação agitada de coisas irrelevantes a acontecer. Apenas duas, elegíveis ao patamar de interessante. Ambas, de iniciativa individual e no campo dos áudio-visuais. O que, só por acontecer em Torres Novas e/ou pela mão de torrejanos, conjecturo a prova de obstáculos que deve ter sido todo o processo.
(ler mais...)


Os ingleses, o PSD, o Brasil e a senhora Merkel - jorge carreira maia »  2021-06-04  »  Jorge Carreira Maia

A invasão inglesa. Depois da impotência no controlo nos festejos dos adeptos sportinguistas, tivemos agora direito à invasão inglesa, motivada também pelo futebol. Adeptos do Chelsea e do Manchester City acharam por bem eximir-se ao cumprimento das regras a que os cafres estão sujeitos.
(ler mais...)


Chega... de birras »  2021-05-31  »  Hélder Dias

A democracia é uma chata! - antónio gomes »  2021-05-30  »  António Gomes

O governo está a despejar carradas de dinheiro nas autarquias, porque é preciso garantir a vitória dos seus nas próximas eleições e porque o dinheiro do 2020 não foi aplicado atempadamente. Agora, é preciso aproximar-se de valores de concretização que não nos envergonhem.
(ler mais...)


Astrazeneca: não me peçam a decisão - inês vidal »  2021-05-30  »  Inês Vidal

Somos, desde muito cedo, chamados à responsabilidade pelo tanto que fazemos. Se somos obesos é porque comemos de mais, se temos cancro de pulmão deve-se aos maus hábitos que promovemos, se somos presos, foi porque cometemos um crime.
(ler mais...)


Os festejos do Sporting e a governação socialista - jorge carreira maia »  2021-05-30  »  Jorge Carreira Maia

 

Perante o espectáculo das comemorações, em tempo de pandemia, da vitória do Sporting no campeonato de futebol, não faltou quem estabelecesse analogia entre esse acontecimento e aquilo que se passou no Natal.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2021-06-04  »  Inês Vidal Torres Novas somos nós - inês vidal
»  2021-06-04  »  Hélder Dias O sabichão
»  2021-05-31  »  Hélder Dias Chega... de birras
»  2021-05-30  »  Inês Vidal Astrazeneca: não me peçam a decisão - inês vidal
»  2021-05-30  »  Carlos Paiva Vai subir? - carlos paiva