• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Domingo, 07 Junho 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qua.
 25° / 12°
Períodos nublados
Ter.
 26° / 13°
Céu limpo
Seg.
 25° / 12°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  23° / 14°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Clube Desportivo de Torres Novas: lista A venceu por 108 contra 34 votos

Desporto  »  2019-06-15 

A lista A, encabeçada por Céu Ramos, venceu as eleições para os corpos sociais do Clube Desportivo de Torres Novas, realizadas ontem, sexta-feira, conseguindo o voto de 104 sócios. Já a lista B, que tinha Mickael Ferreira na frente, contabilizou 34 votos a seu favor.

 Foram eleições históricas, na medida em que pela primeira vez se apresentaram a sufrágio duas listas em mais de 90 anos de história do clube amarelo. Por outro lado, e isso também já assume contornos históricos, há mais de uma década que o CDTN era gerido por comissões administrativas.

Agora, o presidente da assembleia geral, José Artur, vai ter a responsabilidade de repor a legalidade da gestão da colectividade e de assumir, perante os sócios, que está a ocupar um cargo que é o garante máximo do escrutínio de tudo o que se passa no Clube, e o conselho fiscal vai ter de validar perante as instâncias fiscais e administrativas tudo o que diz respeito à gestão financeira.

Contados os votos, os principais protagonistas falaram à reportagem da RádioTorres. Céu Ramos, a vencedora, disse estar “muito contente”, não só pela vitória, mas também pela forma como as eleições tinham decorrido, reconhecendo o papel da outra lista na forma como decorreu todo o processo eleitoral. Facto curioso foi Céu Ramos ter anunciado também que o Clube vai ter futebol feminino, assunto que era um dos pontos programáticos da lista de Mickael Ferreira. Mas disse-se contente sobretudo por ter ouvido, ali, naquela noite e naquele local onde se realizaram as eleições, que o Clube Desportivo iria ter finalmente uma sede, já que o presidente da Câmara acabava de afirmar que iria propor tal medida ao executivo municipal.

Aliás, a maioria socialista da Câmara de Torres Novas foi protagonista directa e surpreendentemente interessada nestas eleições: no recente jantar de aniversário do Clube, e segundo a reportagem de um semanário local, os autarcas presentes, Pedro Ferreira, Luís Silva e Elvira Sequeira fizeram saber que apoiariam uma candidatura da então dirigente da comissão administrativa, Céu Ramos. E a verdade é que os referidos autarcas se inscreveram há poucas semanas como sócios do Clube Desportivo a tempo de irem votar nestas eleições, o que acabou por acontecer, e era tal o interesse que não arredaram pé do Praça do Peixe até à meia-noite, quando as urnas fecharam.

Com referiu Céu Ramos, Pedro Ferreira prestou declarações em directo no final da noite eleitoral, prometendo levar ao executivo municipal o assunto da sede do Clube, instalações camarárias perto do estádio que estão faladas há mais de 15 anos para futuro espaço dos amarelos.

Já o outro protagonista das eleições, o jovem empresário Mickael Ferreira, que há sete anos patrocina o futebol de formação do CDTN, disse que não se considerava derrotado: “Não considero que tenha sido uma derrota, antes pelo contrário, conseguimos obrigar a que o Clube tenha corpos sociais eleitos e isso já é uma vitória. E estivemos todos em prol do Clube nestas eleições, o que também é uma vitória”.

A assembleia eleitoral foi marcada por dois incidente iniciais, mas que não impediram o desenrolar posterior do acto eleitoral, que decorreu sem problemas e com a maior correcção por parte de todos os associados presentes.

De facto, foi anunciado pela comissão administrativa que não havia contas para apresentar, já que, segundo Céu Ramos, “a contabilista atrasou-se na elaboração das referidas contas” e não lhe atendeu o telefone das várias vezes que a tentou contactar, segundo explicou à Rádio Torres. Registe-se que, pela lei geral e pelo regulamento do Clube, as contas do exercício deveriam ter sido apresentadas até ao final do mês de Março. O assunto fazia parte da ordem de trabalhos da assembleia geral, era o primeiro ponto, e foi exactamente por isso que no início da assembleia se levantaram vozes a denunciar a “ilegalidade” da reunião, por não ser possível legalmente aprovar-se contas e fazer-se eleições numa mesma assembleia geral.

Que a convocatória estava ferida de várias ilegalidades e mal elaborada, isso era evidente logo que foi publicada, mas em devido tempo não foi contestada formalmente por nenhum sócio e, por isso, qualquer suspensão da reunião na hora, como foi alvitrado, só seria possível com uma providência cautelar assinada por um juiz. Do mesmo modo, qualquer impugnação dos efeitos da assembleia só é possível com recurso a acção judicial, isto por Portugal viver num estado de direito democrático.

 

 

 

 Outras notícias - Desporto


Sobre a geografia da extinção do futebol português, por João Carlos Lopes »  2020-05-08 

Portugal tem um PIB inferior ao da Catalunha, 212 mil M de euros para 228 mil M de euros. A Catalunha tem normalmente dois clubes na primeira liga espanhola de futebol.

Decorre que Portugal, com um quinto da população de Espanha, um sexto da de Itália e França, um oitavo da alemã e uma economia que acentua ainda mais a distância demográfica, não pode querer ter uma liga de futebol à dimensão, mesmo quantitativa, das desses países.
(ler mais...)


UDR Zona Alta: 41 anos e um horizonte cheio de futuro »  2020-03-07 

A União Desportiva e Recreativa da Zona Alta assinalou 41 anos como associação que tem por objectivo levar o desporto a todos, nas mais diversas modalidades.

Para assinalar a data, teve lugar na Praça do Peixe, no dia 29 de Fevereiro, um jantar que reuniu sócios, atletas, entidades e amigos, num encontro onde reinou a boa disposição e o convívio entre quase 150 pessoas.
(ler mais...)


Basquetebol feminino: final-four da Taça de Portugal, em Torres Novas, este fim de semana »  2020-03-05 

A Taça de Portugal de basquetebol feminino terá a sua final four desta época em Torres Novas, este fim de semana (7 e 8 de Março), no Palácio dos Desportos. O sorteio ditou as partidas das meias-finais entre a União Sportiva e a Ovarense e Olivais Coimbra contra a Quinta dos Lombos.
(ler mais...)


Ana Guita (CLAC) sagra-se campeã nacional de Inverno em desporto adaptado »  2020-01-21 

Ana Guita, jovem atleta do CLAC (Clube de Lazer, Aventura e Competição, do Entroncamento), mais uma vez mostrou do que é capaz de fazer, subindo ao lugar mais alto do pódio para receber medalha de campeã nacional no salto em comprimento, com um excelente recorde pessoal de 2,41 metros, para sua grande satisfação, assim como da sua treinadora Ana Abegão.
(ler mais...)


Futebol feminino: Centro de Treinos abriu na Chamusca »  2019-12-18 

A bandeira da UEFA, hasteada desde ontem, dia 17, no estádio municipal da Chamusca, assinala a abertura do Centro de Treinos de Futebol feminino, numa parceria que envolve o clube local, a UD da Chamusca, a Associação de Futebol de Santarém e a autarquia da “vila Branca”

Mónica Jorge, representante da Federação Portuguesa de Futebol, esteve presente na assinatura do protocolo, firmado por Francisco Jerónimo, presidente da Associação de Futebol de Santarém, Fernando Santos, presidente da União Desportiva da Chamusca e Paulo Queimado, autarca da Chamusca.
(ler mais...)


Mérito McDonald’s: entregues os prémios de “melhor aluno/atleta” de 2019 »  2019-12-18 

Num ambiente repleto de boa disposição, foram entregues ontem, terça-feira, os prémios de mérito “Melhor aluno/atleta de 2019”, na presença de Maria Emília Santos, proprietária do restaurante McDonald’s de Santarém, Francisco Jerónimo, presidente da Associação de Futebol de Santarém, João Teixeira Leite, presidente do conselho de administração da empresa municipal “Viver Santarém”, Hugo Santarém, vereador da Câmara Municipal de Alcanena, representantes dos clubes, os três atletas premiados e respectivas famílias.
(ler mais...)


DOSSIER - 50 anos do estádio municipal: as histórias de uma obra que marcou o século XX »  2019-12-18 

 Quando, a meio da década de 60, ganhou forma a possibilidade da construção de um estádio municipal, um sonho que durava há mais de trinta anos, os protagonistas estavam longe de pensar que esse mesmo estádio seria, na década de 90, aquilo que mais longe e com mais intensidade colocaria Torres Novas no “mapa mediático”.
(ler mais...)


CDTN: castigos continuam, jogo de Almeirim fica em 3-0 e multa de 250 euros »  2019-12-14 

A somar às punições e castigos já aqui noticiados, o Clube Desportivo de Torres Novas foi mais uma vez alvo da mão disciplinar da AFS, desta vez em relação a um inquérito disciplinar ainda pendente e referente ao jogo como União de Almeirim, disputado a 13 de Outubro, e a que já tínhamos feito referência há dias.
(ler mais...)


Afonso Alves: suspensão agravada em sete meses, passa a nove »  2019-12-09 

A situação disciplinar do treinador do CDTN, Afonso Alves, agravou-se de sobremaneira depois da notícia que aqui demos, em devido tempo, da pena de suspensão que lhe fora aplicada, de dois meses e ainda multa de 200 euros, na sequências de alegadas ofensas verbais ao árbitro, na partida que opôs os “amarelos” ao Sport Lisboa e Cartaxo (9 de Novembro) e na qual o seu filho e atleta, Iuri Alves, também foi castigado, no caso com 4 jogos de suspensão.
(ler mais...)


Futebol: CD Torres Novas 2, Atlético Riachense, 1 »  2019-12-01 

Campeonato Distrital da 1.ª Divisão da AFS

Estádio Dr. António Alves Vieira, 1 de Dezembro de 2019

 CD Torres Novas, 2 Clube Atlético Riachense, 1

 CDTN: Nabais: Cerqueira, Gomes, Dias, João Alves, Luís Leal, Cláudio Major, Ivan, Miguel Miguel, Lista, João António; jogaram ainda João Magalhães, Ricardo Major, André Pedro e Dani.
(ler mais...)

 Mais lidas - Desporto (últimos 30 dias)
»  2020-05-08  Sobre a geografia da extinção do futebol português, por João Carlos Lopes