• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Sábado, 20 de Janeiro de 2018
Pesquisar...
Ter.
 17° / 6°
Períodos nublados
Seg.
 17° / 9°
Períodos nublados
Dom.
 17° / 10°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  16° / 7°
Céu nublado
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Mação: município avança com participação à IGAI para apuramento de responsabilidades nos incêndios florestais

Sociedade  »  2017-09-13 

A Câmara de Mação decidiu hoje avançar com uma participação à InsJeção Geral de Administração Interna (IGAI) para apuramento de responsabilidades no incêndio de julho, considerando "insatisfatório" o relatório que recebeu do Governo, noticia a Agência Lusa.

"Recebemos o relatório dentro do prazo que havíamos estipulado, que terminava hoje, e agradeço ao secretário de Estado [da Administração Interna, Jorge Gomes] por ter cumprido com a sua palavra mas, efectivamente, é um documento insatisfatório”, disse à Lusa o presidente da autarquia.

Vasco Estrela afirmou que o documento “é um conjunto muito incompleto, pouco detalhado, sem referência a quem tomou as decisões em cada momento relativamente às movimentações operacionais no terreno”, pelo que a assembleia municipal aprovou por unanimidade avançar com uma participação à IGAI, segundo o autarca, “para um apuramento cabal do que sucedeu e para apuramento de responsabilidades, se as houver".

A acção refere-se ao incêndio que lavrou em Mação entre os dias 23 e 27 de Julho, e que consumiu cerca de 18 mil hectares de floresta, atingiu 14 casas de primeira habitação e obrigou à evacuação de cerca de 30 aldeias, além de dez pessoas feridas e inúmeros bens destruídos, como barracões, palheiros, material agrícola e viaturas.

"Não podem arder 18 mil hectares sem que sejam apuradas todas as responsabilidades e este relatório não satisfaz, não indica quem tomou determinadas decisões sobre uma cada vez mais evidente retirada de meios de Mação, sobre quem os posicionou e porque motivos, e não nos dá acesso à fita do tempo”, critica Vasco Estrela, assinalando o pedido à IGAI com o objetivo de ser “uma entidade independente a explicar tudo o que se passou”.

No relatório, a que a Lusa teve acesso, a ANPC justifica as dificuldades no combate ao incêndio em Mação com a dispersão de meios por outras ocorrências na região e um quadro meteorológico "extremamente agressivo".
Nesse dia, segundo o documento, houve 108 fogos, quase metade entre as 12 e as 18 horas, 17 dos quais no distrito de Castelo Branco.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Torres Novas apela à unidade do Ribatejo - autarca de Almeirim reage confuso »  2018-01-18 

A unidade dos concelhos do antigo distrito de Santarém, em qualquer quadro de reforma do território que venha a acontecer, mereceu a concordância da maioria dos eleitos da assembleia municipal de Torres Novas. A moção foi aprovada no passado dia 12, com votos do PS, BE, PSD, CDS e autarcas das freguesias.
(ler mais...)


CHMT: Governo injecta oito milhões para redução da dívida »  2018-01-11 

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), que integra as unidades hospitalares de Torres Novas, Tomar e Abrantes, tem em curso um aumento de capital em mais de oito milhões de euros “que será utilizado exclusivamente no pagamento de dívida vencida”, refere o gabinete de imprensa desta organização.
(ler mais...)


Yoga para bebés, no Entroncamento »  2018-01-11 


O município do Entroncamento promove um ciclo de Yoga para crianças, decorrendo as primeiras sessões já no próximo sábado, dia 13 de Janeiro, realizando-se as outras sessões nos dias 3 de Fevereiro e 3 de Março.
(ler mais...)


Poderes e interesses ameaçam a cidadania »  2018-01-05 

Os poderes instituídos e os altos interesses parecem estar sem freio, ameaçando cidadãos por “delito de opinião” com armas desproporcionadas. A imprensa local, tida como mais frágil e sensível à pressão dos poderes, parece estar também na mira de quem acha que pode tudo.
(ler mais...)


CDU e Bloco manifestam-se contra encerramento de balões e CTT na região »  2018-01-04 

As estruturas distritais da CDU e do BE manifestaram-se, esta quinta-feira, contra o encerramento de balcões dos CTT em Alferrarede (Abrantes) e Alpiarça. Numa nota de imprensa, a CDU reclama o regresso à esfera pública dos CTT e o regresso do serviço postal “público, universal e de qualidade”.
(ler mais...)


Golegã: fábrica de vinagres começa ano com lançamento de novo produto »  2018-01-04 

A fábrica de vinagres e molhos da Golegã, a Mendes e Gonçalves – que detém a marca Paladim -, começa o ano de 2018 com lançamento de um novo produto no mercado dos vinagres. Trata-se se um vinagre de Sidra “100% natural e saboroso” e que, segundo a empresa, procura ir “ao encontro da tendência mundial da procura de produtos não processados e naturais”.
(ler mais...)


Constância: requalificação da frente ribeirinha previstas nas GOP »  2018-01-04 

As Grandes Opções do Plano (GOP) da câmara municipal de Constância, para 2018, prevêem, entre outros projectos, a reconversão da frente ribeirinha (margem do rio Zêzere) de Constância. Trata-se de um espaço privilegiado que, no Verão, é procurado por muita gente para momentos de lazer.
(ler mais...)


Ministro da Administração Interna vem a Santarém assinar protocolo de projecto-piloto para redução da acidentes rodoviários »  2018-01-04 

Eduardo Cabriata, recém-empossado ministro da Administração Interna, vem a Sanatrém na próxima terça-feira, dia 9 de Janeiro, presidir à cerimónia de apresentação do projecto para a promoção da segurança rodoviária na região da Lezíria do Tejo, bem como assinar protocolos com os municípios daquela região.
(ler mais...)


ÚLTIMA HORA Morreu Joaquim Canais Rocha »  2018-01-02 

Joaquim Canais Rocha, que contava 82 anos, morreu hoje,  terça-feira, dia 2, no hospital de Tomar onde se encontrava internado há algum tempo.

Figura histórica da imprensa local, Canais Rocha começou a trabalhar ainda muito jovem na velha tipografia do jornal O Almonda do largo do Salvador, onde se iniciou na profissão de tipógrafo.
(ler mais...)


Mitsubishi Fuso ofereceu três viaturas 4x4 a bombeiros »  2017-12-25 

A Mitsubishi Fuso Truck Europe, situada em Tramagal e pertencente ao Grupo Daimler, entregou na sexta-feira, 22 de Dezembro, três viaturas Canter 4x4 doadas pela empresa às Corporações de Bombeiros de Castanheira de Pera, Pedrogão Grande e Figueiró dos Vinhos.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-01-18  Torres Novas apela à unidade do Ribatejo - autarca de Almeirim reage confuso
»  2018-01-11  Yoga para bebés, no Entroncamento
»  2018-01-11  CHMT: Governo injecta oito milhões para redução da dívida