• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Segunda, 23 de Abril de 2018
Pesquisar...
Qui.
 24° / 11°
Céu limpo
Qua.
 23° / 13°
Períodos nublados
Ter.
 28° / 15°
Períodos nublados com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  27° / 13°
Períodos nublados com aguaceiros e trovoadas
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Bloco diz que “é preciso governar o concelho” e quer disputar a vitória em Torres Novas

Sociedade  »  2017-07-16 

Bloquistas dizem que já fizeram “a melhor oposição nestes quatro anos”

Pela primeira vez, o BE vai apresentar-se em todas as freguesias. As listas estão quase fechadas e o balanço do mandato fica para os próximos dias, tal como a apresentação do programa eleitoral. Os bloquistas não querem ser oposição, querem disputar a vitória eleitoral no concelho.


Começando por evocar o dia 14 de Julho, “um dia auspicioso” por se assinalarem os 228 anos da Revolução Francesa, “um dos acontecimentos fundamentais da história contemporânea da Europa e do Mundo”, João Carlos Lopes, cabeça-de-lista do Bloco à assembleia municipal de Torres Novas, foi directo aos objectivos do partido para as próximas autárquicas: “Não estamos aqui para prometer que vamos fazer uma boa oposição à maioria socialista. Isso já nós fizemos há quatro anos e nestes quatros fomos a melhor oposição, fomos a única oposição. Estamos aqui para dizermos que vamos disputar a câmara municipal e a assembleia municipal”, disse na sexta-feira passada, dia 14.


O candidato disse que o Bloco nunca foi uma oposição apenas de crítica, “mas sempre de proposta e de alternativa”, e que neste quatro anos o partido preparou centenas de intervenções políticas sobre dezenas de assuntos que dizem respeito à gestão da autarquia. Considerou que “depois de um quarto de século de gestão socialista, os resultados estão à vista: não há resultados”. Admitiu que foram feitas obras nos 25 anos da maioria PS (“como na maior parte dos concelhos do país”) mas acha que “faltou uma visão” que ligasse a obra feita. “Há demasiada tranquilidade e silêncio nesta cidade, uma cidade que não passa de um cenário”, registou, para concluir que “esta maioria implodiu, não tem futuro”, e que o Bloco “tem absoluta convicção de que sabe fazer melhor que esta maioria socialista”.


Helena Pinto, já oficialmente anunciada como candidata à câmara, não escondeu a sua alegria quando se referiu às listas autárquicas do Bloco: “Vamos a todas as freguesias, não falha nenhuma”, disse a antiga deputada, agradecendo “o esforço de todas e todos na construção de uma alternativa, porque todos são importantes – o primeiro da lista é muito importante, mas sem o último não há lista”.


A actual vereadora centrou o seu discurso na área do ambiente, a que o Bloco tem dado grande destaque na sua intervenção: “Vamos dar grande importância ao ambiente e ao combate à poluição. As empresas que estão fora da lei e poluem o solo e a atmosfera prejudicam a vida das pessoas, e também o emprego, o turismo e as actividades económicas. A candidata referiu concretamente a Fabrióleo, defendendo mesmo a deslocalização da empresa: “A Fabrióleo tem que sair dali”, e afirmou, “as pessoas de Carreiro da Areia, da Meia Via, do Nicho e mesmo de Torres Novas não podem continuar a viver com este pesadelo”, saudando, em nome do BE “todos e todas que empenham nesta luta e tudo fará pela defesa do ambiente”.


Na sessão discursaram também Graça Martins, segunda da lista à câmara, Rui Alves Vieira, igualmente segundo na lista da assembleia e Guilherme Pinto, o mandatário, que exortou os candidatos do Bloco a serem exigentes no seu trabalho político.


LISTAS - Assembleia Municipal, por ordem: João Carlos Lopes (técnico superior de cultura) Rui Alves Vieira (geólogo), Dina Pintasilgo (operadora especialista de supermercado), Hélder Pereira (escriturário), António Gomes (ferroviário), Teresina Paz (professora), Luís Miguel Fanha (técnico de informática), Francelina Costa (médica), Célia Santos (assistente administrativa), Lia Ribeiro (professora), André Lopes (antropólogo) e Ana Lopes (mestranda em sociologia); Câmara Municipal: Helena Pinto (animadora social), Graça Martins (professora), Roberto Barata (engenheiro químico), Tânia Prezado (técnica superior de serviço social), Catarina Coelho (professora), Joaquim da Silva Lopes (jornalista), António Ribeiro (professor) Ana Bela Paixão (desempregada), Nicolau Bertsch (enólogo), Célia Barroca (professora); Assembleias de Freguesia: Assentis, Maria do Céu Dias (professora); UF Brogueira, Alcorochel e Parceiros, Pedro Maurício (auxiliar de armazém); Chancelaria, Carlos Alberto Pinto (caixeiro); Meia Via, Ana Cristina Paixão Nunes (assistente de consultório); Olaia e Paço, Carlos Miguel Martinho (electricista); Pedrógão, Marisa Raquel Caetano (desempregada); Riachos, João Pedro Luz (professor; UF Torres Novas SM SAL SAN, Pedro Alexandre Triguinho (assistente administrativo); UF Torres Novas SP Lapas RB, Nelson Ferreira Campos (bombeiro); Zibreira, Gina Santos Gouveia (desempregada); Mandatário: Guilherme Pinto (sociólogo).

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Lapas: Grutas reabriram em clima de festa »  2018-04-22 

Foi ao som festivo da afinadíssima filarmónica “União e Trabalho” que decorreu hoje, dia 22, o acto de reabertura das catacumbas localmente designadas “Grutas de Lapas”, depois das obras de reabilitação que mudaram por completo a face deste monumento, classificado como imóvel de interesse concelhio.
(ler mais...)


Atrás dos vinhos, sem pressas, há muito para provar »  2018-04-20 

Quando fechou o Zé da Ana, o clássico, o gourmet, instalou-se na vila um sentimento de orfandade e luto cerrado e Torres Novas nunca mais foi a mesma. É verdade que a elitista taberna do Bué já tinha encomendado a alma há muito, bem como o inesquecível “reservado” do Café Portugal, para não falar da adega do Valeriano do Solar do Melro e outros botecos menos conhecidos.
(ler mais...)


Torres Novas: mais um edifício em derrocada, centro histórico continua a cair »  2018-04-13 

Acaba de cair mais um edifício na zona histórica de Torres Novas, desta vez o prédio onde funcionou a oficina auto Júlio & Costa, à entrada da travessa do Lamego.

As autoridades municipais e a junta de freguesia já tinham sido avisadas há várias semanas por alguns moradores, que se deram conta do perigo iminente em que se encontrava uma das paredes do prédio, mas a autarquia limitou-se a encostar uma grade à parede e a esticar uma fita amarela.
(ler mais...)


Entroncamento: comerciante detido em Espanha por suspeitas de abusos sexuais »  2018-04-10 

Um homem de 58 anos, comerciante no Entroncamento, foi detido em Espanha, suspeito de ter abusado sexualmente dois menores, de 14 e nove anos. Na informação prestada à Comunicação Social, a Polícia Judiciária de Leiria refere que a captura foi precedida de um Mandado de Detenção Europeu emitido pela autoridade judiciária competente no DIAP da Comarca de Santarém.
(ler mais...)


Torres Novas: campanha de adopção de animais este fim-de-semana »  2018-04-06 

O Canil Intermunicipal de Torres Novas promove mais uma campanha de adopção de animais de companhia nos dias 7 e 8 de Abril (sábado e domingo), entre as 11 e as 16h30, no jardim das rosas, em Torres Novas.
Como vem sendo hábito, estarão disponíveis diversos cães e gatos para uma adopção responsável.
(ler mais...)


Feira de Época: tema deste ano é apresentado no dia 13 »  2018-04-06 

A praça 5 de Outubro é palco da apresentação do tema da feira  de época  deste ano, que decorre naquele espaço e nas imediações do castelo de 30 de Maio a 3 de Junho. A apresentação está marcada para as 22 horas do próximo dia 13 de Abril (sexta-feira) e ao momento associa-se um espectáculo de fogo “Infirmus Morbus”, a cargo dos grupos Anymamundy e Malatish.
(ler mais...)


Torres Novas: município concorre às sete Maravilhas à Mesa” »  2018-04-06 

O Município de Torres Novas candidatou-se aos prémios das “7 Maravilhas à Mesa” nas quatro categorias a concurso: Gastronomia, Vinhos, Azeites e Roteiros Turísticos. Esta candidatura “pretende honrar e reconhecer a mesa torrejana, pela sua diversidade gastronómica e cultural”, refere a nota de imprensa, que se reflecte nos 7 produtos candidatados: petisco (enguias fritas), peixe (ensopado de enguias), produto endógeno (figo seco), brancos (Zé da Leonor, Reserva 2013, Família Rebelo Lopes, 4.
(ler mais...)


“Torres Rodas” vai para a terceira edição »  2018-04-06 

Torres Novas acolhe nos dias 27, 28 e 29 de Abril a terceira edição da iniciativa “Torres Rodas”, uma feira de automobilia. Para este evento são esperadas centenas de viaturas clássicas, juntando-se ao evento uma street food – concentração de roulottes de comidas rápidas.
(ler mais...)


Vai fechar a casa Alvorão, logo a seguir a Casa Espanhol »  2018-04-05 

Depois de cerca de nove décadas aberta ao público como loja de ferragens, vai fechar no fim de Maio a drogaria António Costa Alvorão, Lda, anunciou José António Pereira, actual e único empregado da firma, ele próprio há cerca de 48 anos ao balcão do estabelecimento.
(ler mais...)


Morreu Lurdes Azevedo Mendes »  2018-04-04 

Contava 90 anos e foi até há pouco tempo a última habitante da praça 5 de Outubro, em Torres Novas, antes de se radicar num lar em Coimbra. O corpo de Lurdes Mendes chegou já a Torres Novas e ficará na casa de família até ao funeral, que deverá realizar-se amanhã.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-04-13  Torres Novas: mais um edifício em derrocada, centro histórico continua a cair
»  2018-04-20  Atrás dos vinhos, sem pressas, há muito para provar
»  2018-04-22  Lapas: Grutas reabriram em clima de festa