• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Domingo, 18 de Novembro de 2018
Pesquisar...
Qua.
 14° / 8°
Períodos nublados com chuva fraca
Ter.
 16° / 8°
Períodos nublados com chuva fraca
Seg.
 16° / 11°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  18° / 11°
Céu muito nublado com chuva moderada
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Bombeiros torrejanos vêem quartel ampliado depois de muita espera

Sociedade  »  2018-10-14 

O desejo tinha anos. Era uma luta antiga do presidente, em tempos comandante, Arnaldo Santos. Aconteceu a 5 de Outubro de 2018, dia em que se assinalou o 87.º aniversário da associação humanitária, a inauguração da ampliação do quartel dos Bombeiros Voluntários Torrejanos.

Dois anos depois de lançada a primeira pedra das obras de ampliação do quartel dos Bombeiros Voluntários Torrejanos, e integrando mais um aniversário da associação humanitária, foram inauguradas as instalações da nova casa da corporação torrejana. Um sonho antigo, com anos, que viu a sua concretização já no mandato de Pedro Ferreira, actual presidente da Câmara Municipal de Torres Novas. A obra, financiada tanto pelo município, primeiro responsável da protecção civil no território, como por fundos comunitários através do programa POSEUR, deverá estar terminada antes do final do ano. É esse, pelo menos, o desejo de Arnaldo Santos, presidente que ficará na história da instituição como o homem que mais se bateu pela construção de um espaço com mais condições e maior dignidade para os bombeiros torrejanos.

Mas não é por ver finalmente cumprida esta promessa que Arnaldo Santos descansa no seu papel: “O actual executivo melhor compreendeu esta necessidade. Registamos isso. Mas não podemos ficar por aqui. Sentimos necessidade de mais equipamentos de protecção individual e de veículos para diferentes tipos de ocorrências. Os recursos de hoje não são os mesmos de ontem e têm um custo que deve ser assumido pela comunidade”, alertou o presidente da associação no seu discurso durante a sessão solene de aniversário, enquanto lembrou que cabe ao Estado e às autarquias garantir aos cidadãos o direito à protecção e à segurança, missão primeira dos voluntários torrejanos. “Temos os recursos fundamentais: temos voluntários, temos oito mil associados e muitos beneméritos, garantimos trabalho e gestão voluntária. Mas precisamos de mais, algo que só o Estado e a autarquia podem e devem garantir em tempo útil”, continuou o presidente: “Exigimos condições para o cumprimento das nossas funções. O socorro e a saúde não se adiam. Os meios existentes não se adiam. A nossa prioridade é a segurança e o socorro das populações”.

Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros, depois de um discurso muito longo e cheio de folclore e de uma série de recados para a tutela, deixou uma palavra importante a Pedro Ferreira: “Ao fazer o próximo orçamento não use a caneta pequena, use a grande, porque isto não é um mero subsídio, é um investimento no bem-estar das populações”.

Escrita ficou a promessa do presidente da câmara municipal, em dia de festa: “Vamos incluir no orçamento um subsídio que suporte a aquisição dos dois veículos apresentados hoje. Sabemos também que precisam de mais viaturas e de aumentos nos vencimentos, mas infelizmente o orçamento municipal também não é inesgotável”, confessou Pedro Ferreira, que terá ainda de fazer face a uma dívida aos bombeiros, que se está ainda na casa dos 112 mil euros. O autarca assumiu ainda que irá levar em breve a reunião de executivo, o estatuto social do bombeiro, que deverá prever uma série de incentivos ao voluntariado nesta matéria. Recorde-se que este é um documento que anda já a rebolar na gaveta do presidente, pelo menos, desde Março de 2017.

À sessão solene seguiu-se a bênção de duas novas viaturas, uma ambulância de transporte de doentes e uma outra de socorro e a formalização da inauguração do novo quartel, com o descerrar das placas. A obra está ainda incompleta faltando, entre outras coisas, a ligação entre os dois edifícios e a remodelação do antigo.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Barquinha: “o valor do sal” »  2018-11-15 

“Ouro branco, o valor do sal”, é o mote para uma jantar/conversa que vai ser animado pelo professor doutor António Luís, biólogo da Universidade de Aveiro e que terá lugar no dia 23, sexta-feira, no restaurante do campus escolar da escola profissional Gustave Eiffel, no Entroncamento, pelas 20H00.
(ler mais...)


Chamusca impulsiona esterilização de animais de companhia »  2018-11-14 

 O concelho da Chamusca está na linha da frente na região no âmbito da campanha de apoio à esterilização de cães e gatos como forma de controlo da sua população e de eliminar o recurso à eutanásia, conforme emanado na Lei 27/2016 de 23 de agosto que, desde 23 de Setembro de 2018, estabelece a proibição do abate de animais errantes como forma de controlo populacional, informa nota da autarquia.
(ler mais...)


Alcanena: cachola e morcela para alegrar o Outono »  2018-11-13 

O Município de Alcanena promove, entre 22 e 25 de Novembro, a sétima edição do Festival Gastronómico da Cachola e da Morcela, que decorrerá nos 11 restantes do concelho “que participam neste desafio de recuperar e divulgar alguns dos sabores mais peculiares desta região, associados à cozinha tradicional e popular das gentes das serras, de Aire e Candeeiros, e do bairro, terras prenúncio do Tejo”, diz a autarquia em nota de imprensa.
(ler mais...)


Morreu Adelino Bairrão Pinho »  2018-11-13 

Adelino Bairrão Pinho, residente na Zibreira mas pessoa muito conhecida e prestigiada na comunidade torrejana, faleceu ontem com 81 anos após um período de doença.

Foi colaborador de várias colectividades e grande entusiasta e animador das actividades da Associação de Dadores de Sangue do Hospital de Torres Novas.
(ler mais...)


Vêm aí as couves com feijões de Torres Novas »  2018-11-12 

Toda a gente pensa que é uma especialidade regional fácil de fazer, mas confeccionar couves com feijões bem feitas não é para todos e trata-se de um verdadeiro desafio, mesmo para os restaurantes que aderiram a este festival gastronómico.
(ler mais...)


Bloco pisca o olho ao PS e abstem-se no orçamento para Torres Novas »  2018-11-11 

 

É a primeira vez que acontece: o Bloco de Esquerda vai abster-se no orçamento da maioria de Torres Novas, num claro sinal político de aproximação política ao PS. O aumento dos subsídios às bandas e a compra de edifícios no centro para reabilitar, duas das bandeiras eleitorais do BE aceites agora pelo PS, são algumas das razões que levam os bloquistas a esta posição de esperar para ver num namoro improvável.
(ler mais...)


Chamusca representada na Carta Gastronómica do Ribatejo »  2018-11-09 

A Carta Gastronómica do Ribatejo foi apresentada no dia 1 de novembro, pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo/Ribatejo, e inclui diversas receitas tradicionais da Chamusca, disponibilidades por utentes do Lar da Santa Casa da Misericórdia, Universidade Sénior da União de Freguesias da Chamusca e Pinheiro Grande e da Casulme – Centro de Apoio Social de Ulme.
(ler mais...)


Barquinha: à mesa com azeite 2018 »  2018-11-09 

 

 Com número recorde de participantes - 11 restaurantes, a mostra gastronómica “À mesa com azeite” está de volta ao concelho de Vila Nova da Barquinha, entre 10 de novembro e 9 de dezembro de 2018.
(ler mais...)


Alcanena: ampliado cemitério do Espinheiro »  2018-11-09 

Teve lugar, no dia 1 de Novembro, a inauguração da ampliação do cemitério de Espinheiro, em cerimónia que se iniciou com uma missa solene, na Igreja Paroquial de Espinheiro, pelo padre Ricardo Gonçalves, seguida de procissão, até ao cemitério, onde o pároco procedeu à bênção do novo espaço.
(ler mais...)


Torres Novas também é “familiarmente responsável” »  2018-11-08 

Abrantes, Águeda, Alcoutim, Alenquer, Almodôvar, Amadora, Angra do Heroísmo, Boticas, Braga, Cantanhede, Cascais, Castro Marim, Coimbra, Coruche, Estarreja, Funchal, Fundão, Góis, Gouveia, Guarda, Ílhavo, Lousã, Loures, Mação, Madalena, Mealhada, Mértola, Miranda do Corvo, Montijo, Odivelas, Oeiras, Oliveira do Hospital, Ovar, Penafiel, Pinhel , Pombal, Ponta Delgada, Póvoa de Lanhoso, Praia da Vitória, Santarém, Sardoal, Seia, Sever do Vouga, Sintra, Soure, Tábua, Tomar, Torres Novas, Torres Vedras, Vieira do Minho, Vila de Rei, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Foz Côa, Vila Real, Vila Real de Santo António, Viseu, Amares, Arganil, Arruda dos Vinhos, Cabeceiras de Basto, Figueira da Foz, Leiria, Lisboa, Loulé, Lousada , Oliveira de Azeméis, Palmela, Póvoa de Varzim e Santo Tirso foram os municípios galardoados por preencherem os requisitos que dão direito a este prémio simbólico.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-11-12  Vêm aí as couves com feijões de Torres Novas
»  2018-11-13  Morreu Adelino Bairrão Pinho
»  2018-11-09  Chamusca representada na Carta Gastronómica do Ribatejo



Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /htdocs/public/www/inc/inc_pagina_noticia.php:70) in /htdocs/public/www/inc/inc_pagina_noticia.php on line 491