• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Segunda, 28 de Maio de 2018
Pesquisar...
Qui.
 21° / 11°
Céu nublado
Qua.
 20° / 13°
Céu nublado com chuva fraca
Ter.
 20° / 13°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  20° / 13°
Períodos nublados com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Vai fechar a casa Alvorão, logo a seguir a Casa Espanhol

Sociedade  »  2018-04-05 

É com mágoa que José António Pereira fala do encerramento da loja

Depois de cerca de nove décadas aberta ao público como loja de ferragens, vai fechar no fim de Maio a drogaria António Costa Alvorão, Lda, anunciou José António Pereira, actual e único empregado da firma, ele próprio há cerca de 48 anos ao balcão do estabelecimento.

É mais uma loja histórica de Torres Novas a encerrar as portas, das poucas que ainda existem. José António Pereira disse ao JT que a ausência de clientes e a falta de gente na cidade são os principais motivos que levaram à decisão. “É uma tragédia o que se passa no centro da cidade. Às quatro da tarde é o silêncio total, pode ouvir-se os saltos de uma mulher que vá a passar na rua, como se fosse noite feita. Tenho dias em que entra aqui um cliente. Num destes sábados, entraram aqui seis pessoas e só uma era cliente. Não dá para continuar assim”.

É com mágoa que José António Pereira fala do encerramento da loja. O estabelecimento funcionava como ponto de encontro de amigos e profissionais, que ali iam dar dois dedos de conversa. De resto, o próprio José António também granjeou uma enorme simpatia junto dos torrejanos, devido ao modo como atende toda a gente, sempre disponível para ajudar, esclarecer e indicar as melhores e mais baratas soluções para os problemas que lhe apresentam ao balcão. Tudo o que falta nas grandes superfícies, mas as lojas tradicionais não se governam apenas com reconhecimento, lamenta José António Pereira.

A firma António Costa Alvorão, Lda estabeleceu-se no primeiro piso que faz esquina com o Largo do Paço, cerca de 1930. António Costa Alvorão, nascido em 1905, era empregado numa loja de materiais pertencente à metalúrgica Costa Nery, situada no edifício onde hoje estão as galerias Rulys. Saíu da empresa e fundou a firma, alugando o actual espaço comercial a Camila Carvalhal (falecida há pouco tempo com 101 anos e mulher do conhecido proprietário Pedro Maia), que o havia herdado de seu pai, o comerciante que antes de Manuel Alvorão estava estabelecido no local com uma loja de tecidos. O pai de Camila, Carlos Gonçalves, o "Gato Bravo", era um galego que tinha vindo para Torres Novas para trabalhar na loja de José Lavos, actual Sofia Modas, ainda em finais do séc.XIX.

Mas a história comercial desta loja da Casa Alvorão começa muito antes. Sabe-se que em 1880 pertencia a António Bexiga, um comerciante  da Nazaré que vinha ao mercado de Torres Novas e que acabou por estabelecer-se na vila, abrindo o espaço como loja de comércio geral, como era uso na época. Os actuais balcões, armários e guarnições de portas interiores são, no mínimo, do ano de 1880. É essa a data inscrita numa das portas interiores da loja, e que deverá assinalar a abertura do estabelecimento de António Bexiga.

Neste momento, a loja mais antiga aberta ininterruptamente, embora não pertencente à mesma família, é a antiga loja de José Lavos, na rua Nuno Álvares. A seguir, será este espaço comercial onde existiu a loja de António Bexiga, depois casa de tecidos do “Gato Bravo” e por fim “casa Alvorão”. Em terceiro lugar do ranking da antiguidade segue-se a loja de ferragens de Abílio Pereira Reis (ostenta no anúncio a data de 1873, ano em que fundou uma oficina em Outeiro Grande, mas só veio para a vila em 1915, abrindo a sua loja num edifício a escassos metros da loja actual, aberta esta em 1918 logo a seguir ao túnel da rua de Trás-os-Muros).

Contudo, o comerciante mais antigo de Torres Novas, ainda em funções, é João José Lopes (“João Espanhol”), à frente da sua loja, inicialmente na cave do velho teatro Virgínia, desde 1940. Mas a loja já era explorada pelo seu pai Juan Lopez (desde o início dos anos 20), que a tomara de um outro espanhol. A Casa Espanhol é, portanto, a terceira ou quarta loja mais antiga ainda em funcionamento (não se consegue apurar, por enquanto, se abriu antes ou depois da loja de Abílio Pereira Reis, de 1915).

Mas a Casa Espanhol também tem o seu encerramento anunciado, o qual deverá ocorrer antes do verão. João Espanhol, o proprietário, conta com 88 anos, mas diariamente continua a fazer trabalhos de arranjos de chaves e lâminas na velha oficina da Rua Carlos Reis.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Atletismo: GP Santo António é no dia 9 de Junho »  2018-05-21 

Estão abertas as inscrições para a 41.ª edição do Grande Prémio de Santo António, em Torres Novas, uma prova de atletismo popular mas que também conta para atletas federados, já que decorre em paralelo o campeonato distrital de estrada.
(ler mais...)


Alunos da profissional realizam estágios na Europa »  2018-05-21 

Uma dezena e meia de alunos da escola profissional de Torres Novas partiram para diversos países europeus, ao abrigo do programa Erasmus+, para realizarem os seus estágios curriculares durante sete semanas. Dos 15 alunos, quatro rumaram a Bournemouth, Inglaterra, cinco foram para Fuerteventura, nas Ilhas Canárias e seis foram para Bilbau, também em Espanha, e vão realizar estágios relativos a diversos cursos: informática, gestão, comunicação e animador sociocultural.
(ler mais...)


“Maior espectáculo do mundo de fitness” deixa rasto de alegadas burlas e roubos e mais uma história degradante para a cidade »  2018-05-18 

Prometiam o “maior evento de fitness do mundo”, transmitido por cadeias de televisão, incluindo do Brasil. Mas deixaram, alega quem agora se queixa, um rasto de pequenas golpaças, surripianços e dinheiro de patrocínios sacado a alguns incautos.
(ler mais...)


Sucateiros julgados em Torres Novas por fraude fiscal condenados a pagar 15,6 milhões »  2018-05-17 

Seis pessoas e três sociedades do sector das sucatas foram condenadas, em Torres Novas, por fraude fiscal qualificada, facturação fictícia e detenção de arma proibida, tendo cinco arguidos de pagar uma indemnização ao Estado de 15,6 milhões de euros.
(ler mais...)


Alunos da Maria Lamas debateram cidadania »  2018-05-16 

A divulgação dos resultados de um inquérito sobre questões políticas, realizado junto de todos os alunos do ensino secundário da escola, e um posterior debate envolvendo os partidos com representação local, foram os momentos marcantes da sessão realizada na Escola Maria Lamas, sob o lema “Sempre Mais Alto… Uma Inspiração”, e que decorreu na manhã de quarta-feira, dia 16.
(ler mais...)


Sexta d´ideias debate protecção civil »  2018-05-16 

A próxima sexta d´ideias, tertúlia de debate organizada pela concelhia de Torres Novas do Bloco de Esquerda, realiza-se esta sexta-feira, 18 de Maio, no Centro Cultural da Pena e Casal da Pena, na freguesia de Chancelaria. O tema desta sessão é a protecção civil, e são oradores o comandante dos bombeiros torrejanos, Ricardo Vicente (engenheiro agrónomo e Miguel Pinto Reis, Major da GNR.
(ler mais...)


Passeio interpretativo no Paúl do Boquilobo »  2018-05-16 

Passeio interpretativo no Paúl do Boquilobo A associação “30 Por Uma Linha” organiza este sábado, dia 19 e Maio, entre as 9 e 12h30, um passeio interpretativo na Reserva Natural do Paúl do Boquilobo, de cera de seis quilómetros, iniciativa na qual os participantes terão a oportunidade para observar a avifauna e flora envolvente, sendo a iniciativa aproveitada também para fazer uma acção de limpeza (recolha de lixo) com o intuito de ajudar na preservação desta área protegida.
(ler mais...)


Tomar: reabilitação urbana discutida no IPT »  2018-05-14 

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT) acolhe nos dias 24 e 25 de Maio um seminário dedicado às questões da reabilitação urbana, promovido pelo curso de mestrado em Reabilitação Urbana da Escola Superior de Tecnologia do IPT.
(ler mais...)


Recolha de material escolar para Ribeira Grande/Cabo Verde »  2018-05-13 

O Município de Torres Novas e os agrupamentos de escolas Artur Gonçalves e Gil Paes, com a colaboração das juntas de freguesias do concelho, estão a promover uma campanha de recolha de material escolar para entregar à autarquia de Ribeira Grande, no âmbito da geminação de Torres Novas com aquele município de Cabo Verde.
(ler mais...)


Tiago Ferreira é líder local do PSD »  2018-05-06 

Votaram mais de 100 militantes, Tiago Ferreira averbou mais de cerca de duas dezenas de votos que o seu opositor, António Nobre, e é desde ontem, sábado, lider do PSD/Torres Novas. As eleições para a comissão política concelhia dos social-democratas foram bastante disputadas e os votos ilustram a incerteza que se viveu até ao fecho das urnas.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-05-21  Atletismo: GP Santo António é no dia 9 de Junho
»  2018-05-21  Alunos da profissional realizam estágios na Europa