• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Sexta, 15 Novembro 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Seg.
 15° / 5°
Períodos nublados
Dom.
 16° / 8°
Céu nublado com chuva fraca
Sáb.
 14° / 5°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  13° / 7°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Autarquias, professores, padres casados e futebol

Opinião  »  2019-06-20  »  Jorge Carreira Maia

"Autarquias e suspeitas de corrupção, a fronda contra os professores, a ordenação de homens casados e futebol e dinheiro."

PODER AUTÁRQUICO. Depois da operação Teia, uma nova operação contra detentores – ou ex-detentores – do poder autárquico. Não faço ideia o que pensam presidentes de câmara e vereadores sobre a reputação das autarquias. Qualquer cidadão percebe que essa reputação está muito longe de ser a melhor. Poderão os autarcas fazer alguma coisa pelo poder municipal e, através dele, pela democracia? Podem. Devem exigir a criação – ou criá-los, se para isso tiverem poder – de mecanismos de completa transparência nos concursos públicos e na gestão da coisa pública. Mecanismos a que os próprios cidadãos possam aceder. Devem ter uma gestão dos municípios e das suas condutas políticas absolutamente frugal. Isso ajudaria em muito à reputação das autarquias.

PROFESSORES. Saiu o calendário escolar do próximo ano lectivo. Os jornais anunciam três semanas de férias de Natal. Nas caixas de comentários dos jornais online não tardou a habitual campanha contra o professorado. Ninguém quis saber que a pausa lectiva do próximo ano é praticamente igual à dos anos anteriores. Há mais um dia sem aulas. Porquê? Porque o dia habitual de recomeço das aulas, 3 de Janeiro, é uma sexta-feira e o governo achou sensato fazer o recomeço na segunda-feira seguinte. O caso serviu para uma pequena fronda contra os professores. Isto diz muito do país que somos.

ORDENAÇÃO DE HOMENS CASADOS. A Igreja Católica vai discutir a possibilidade, na Amazónia, de serem ordenados como padres homens casados. A expectativa de alguns, porém, é que este seja o primeiro passo para que o processo seja replicado noutros lugares do mundo, onde a Igreja enfrenta o mesmo problema da falta de sacerdotes. A abertura ao mundo moderno feita pelo Concílio Vaticano II foi seguida pelo declínio das vocações e pelo abandono do sacerdócio por muitos padres. Os conservadores vêem o concílio como a causa do problema. No entanto, ninguém pode afirmar que mantendo-se a Igreja fiel ao espírito tridentino a situação não seria a mesma ou pior. Vamos assistir, por certo, a novos confrontos entre tridentinistas e adeptos do Vaticano II.

FUTEBOL. A transferência do jogador João Félix para o Atlético de Madrid, por 120 milhões de euros, por muito que adeptos compradores e vendedores se alegrem, mostra que o futebol é, há muito, um jogo cujo centro reside no dinheiro. Sem este, o futebol tal como existe desabaria. O que impressiona, porém, é os adeptos confundirem o peso do dinheiro com o mérito desportivo dos seus clubes. O mérito dos vitoriosos reside em grande parte no dinheiro que têm.

 

 

 Outras notícias - Opinião


Nazismo e comunismo »  2019-11-09  »  Jorge Carreira Maia

No mês passado o Parlamento Europeu aprovou uma resolução de condenação dos regimes nazi e comunista. Na verdade, ambos os regimes perseguiram e mataram adversários e o Estado teve neles uma configuração totalitária.
(ler mais...)


Quando eu for grande... »  2019-11-06  »  Hélder Dias

A doença das democracias liberais »  2019-10-25  »  Jorge Carreira Maia

Em curta entrevista concedida este ano ao Estadão de S. Paulo, o cientista político Yascha Mounk, especialista na crise das democracias liberais, afirmava temer que não se esteja perante um mero episódio de populismo, mas a entrar numa era populista.
(ler mais...)


Rio petisco »  2019-10-11  »  Hélder Dias

Casal da Treta? »  2019-10-11  »  Hélder Dias

Das eleições, leituras »  2019-10-10  »  Jorge Carreira Maia

1. APESAR DO PRÓPRIO PARTIDO. O PS teve um bom resultado, mas não excelente. Não conseguiu penetrar significativamente na esquerda e alienou, em campanha, uma parte do centro para o PSD.
(ler mais...)


Venham mais vinte cinco, por Inês Vidal »  2019-10-02  »  Inês Vidal

Não deixa de ser curioso o facto de festejarmos 25 anos com a produção de uma revista. Numa altura em que já ninguém lê - muito menos jornais, mesmo os regionais e, dentro destes, menos ainda os que não anunciam nascimentos, casamentos e funerais - produzir ainda mais uma revista tem algo de irónico.
(ler mais...)


Fazer acontecer »  2019-10-02  »  Anabela Santos

A importância de fazer acontecer é, cada vez mais, uma certeza para mim.
Não sei se tem a ver com a idade, a consciência ou a vivência, mas é raro o dia em que não tenha o tal pensamento … “é mesmo importante o que esta gente faz acontecer”

E, como é óbvio, não me refiro aos actos dos nossos governantes.
(ler mais...)


Por este lado é que vamos, por João Carlos Lopes »  2019-10-02  »  João Carlos Lopes

1. Políticas nacionais, aqui e ali mais impostas a nível local por opção dos próprios, devastaram as economias locais das pequenas cidades e vilas do país. O comércio local e grande parte dos serviços foram fustigados e depois engolidos pelos grandes grupos nacionais ou trans-nacionais, remetendo as cidades e vilas portuguesas a pouco mais que cenários onde nada se passa.
(ler mais...)


O prazer de ir a lado nenhum »  2019-09-28  »  Jorge Carreira Maia

O maior prazer daqueles que frequentam a literatura será o da deambulação, visitar lugares desconhecidos e confrontar-se com mundos inesperados, andar por aí sem ir a lado nenhum. Se quisermos uma prova sobre a existência de uma pluralidade de mundos, basta uma palavra: literatura.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2019-10-25  »  Jorge Carreira Maia A doença das democracias liberais
»  2019-11-06  »  Hélder Dias Quando eu for grande...
»  2019-11-09  »  Jorge Carreira Maia Nazismo e comunismo