• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Segunda, 25 Setembro 2023    |      Directora: Inês Vidal; director-adjunto, João Carlos Lopes    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qui.
 30° / 14°
Períodos nublados
Qua.
 27° / 15°
Períodos nublados
Ter.
 29° / 16°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  31° / 14°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

É tempo de dignificar a Assembleia Municipal de Torres Novas - antónio gomes

Opinião  »  2022-07-05  »  António Gomes

"A médio prazo, as deslocações gratuitas nos TUT podem retirar muitos carros das estradas”"

 

A última sessão da Assembleia Municipal (AM) aprovou, por unanimidade, a gratuitidade dos TUT a partir de 2023, por proposta do BE. Logo no início deste século, a Agência Europeia do Ambiente tinha colocado como uma das condições principais em defesa do ambiente que os transportes públicos fossem gratuitos. Houve quem ficasse chocado, classificasse como irrealista, mas o que é facto é que hoje se percebe que, ou existem fortes medidas de promoção do transporte público para acelerar a transição do transporte individual para o coletivo, ou teremos ainda mais e mais graves problemas ambientais. E o caminho faz-se caminhando e, como sabemos, as mudanças de hábitos levam tempo a consolidar. Torres Novas não deve estar de fora desta mudança.

Esta decisão da Assembleia Municipal tem um significado particular: pode marcar a relação dos cidadãos e cidadãs com o meio ambiente e em particular o combate às alterações climáticas. A médio prazo, as deslocações gratuitas nos TUT podem retirar muitos carros das estradas, assim se trabalhe no sentido de uma maior abrangência do território e mais autocarros na rua, de preferência eléctricos.

A composição da actual Assembleia Municipal é muito mais representativa do povo que o executivo municipal, pois inclui representação do BE, da CDU, do CDS, e os presidentes de junta de freguesia, que não estão representados no executivo municipal. Esta realidade, somada ao voto do partido no poder, o PS, confere à decisão uma importância que não pode ser ignorada por ninguém.

Cabe agora, à Câmara Municipal, preparar o dossiê para o incluir no orçamento municipal de 2023, conforme decisão da AM. Não passa pela cabeça de ninguém que esta decisão não seja respeitada, mesmo que ela não obrigue a CM, como alguém logo lembrou, com um calculismo inadmissível.

Estou em crer que a Assembleia Municipal de Torres Novas será respeitada e, com isso, a sua função dignificada. Alguma vez a democracia ficará a ganhar.

 



 

 

 

 

 

 

 Outras notícias - Opinião


Uma edição de colecionador - joão quaresma »  2023-09-24  »  João Quaresma

O Jornal Torrejano entra nesta edição no seu trigésimo ano de publicações ininterruptas. Facto que é notável nos tempos que correm, com a felicidade de esta data e deste feito entrar pelo ano 2024, em que se comemoram os 50 anos da revolução de abril.
(ler mais...)


Ano 30 - inês vidal »  2023-09-24  »  Inês Vidal

 

Em 1994 Yasser Arafat, Shimon Peres e Yitzhac Rabin recebiam o Prémio Nobel da Paz, o mundo despedia-se de Airton Senna, Tom Jobin e Kurt Cobain, Nelson Mandela assumia a presidência de África do Sul, sendo o primeiro presidente negro daquele país, Berlusconi vencia as legislativas italianas, nascia Harry Styles.
(ler mais...)


A Democracia precisa de imprensa livre - antónio gomes »  2023-09-24  »  António Gomes

O João Carlos Lopes tem toda a razão quando nos lembra a publicação ininterrupta do “Jornal Torrejano” a entrar nos 30 anos: é preciso assinalar, registar, comemorar e festejar este facto, quase 30 anos, caramba!

Todos sabemos das dificuldades em manter jornais, sejam nacionais ou locais.
(ler mais...)


Reflexões sobre um caminho de quase trinta anos - antónio mário santos »  2023-09-24  »  António Mário Santos

Em Setembro de 1994, com capa de João Carlos Lopes, era publicado o meu estudo Torres Novas nos Finais do Séc. XIX – Subsídios Históricos, onde se inseria um estudo sobre a Imprensa Regional no Concelho de Torres Novas (1853-1926), incluindo as fotografias da primeira página da imprensa aí publicada, desde 1853 a 1978.
(ler mais...)


O ÚLTIMO DIA EM NEW TOWERS - josé mota pereira »  2023-09-24  »  José Mota Pereira

…Eis-nos em mais uma manhã na vida de New Towers. O verão chega ao fim e traz temperaturas mais frescas. A frescura destes 43 graus matinais, tão comuns em final de setembro, são o anúncio da chegada da estação das chuvas.
(ler mais...)


Os homens e a autonomia das mulheres - jorge carreira maia »  2023-09-24  »  Jorge Carreira Maia

O caso de um seleccionador de futebol que beija na boca uma jogadora. O caso de uma jornalista de televisão que é apalpada durante um directo. O caso de um Presidente da República que comenta a indumentária pouco resistente ao frio de uma mulher.
(ler mais...)


Um pouco mais de azul - josé ricardo costa »  2023-09-24  »  José Ricardo Costa

Há-de haver muito turista com dificuldade em perceber que certas cidades europeias, castelos, palácios, catedrais, aldeias históricas ou vistas panorâmicas, não foram projectadas por Júlios Vernes da arquitectura para serem parques de diversão do século XXI para os turistas fazerem selfies para o Instagram.
(ler mais...)


O Cubo - josé ricardo costa »  2023-09-24  »  José Ricardo Costa

Como Garrett, resolvo viajar pela minha terra, não para subir o Tejo, mas para descer o viaduto rumo à avenida, o que só por si já é uma viagem que mistura três épocas distintas: a viril Idade Média, a ruralidade do século XIX e o urbanismo do século XX.
(ler mais...)


Alguns anos de solidão… »  2023-09-18  »  Hélder Dias

O Livro da Selva II »  2023-09-06  »  Hélder Dias
 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2023-09-06  »  Hélder Dias O Livro da Selva II
»  2023-09-04  »  José Ricardo Costa Pés e cabeça - josé ricardo costa
»  2023-09-06  »  Hélder Dias O Livro da Selva I
»  2023-09-18  »  Hélder Dias Alguns anos de solidão…
»  2023-09-24  »  José Ricardo Costa Um pouco mais de azul - josé ricardo costa