• SOCIEDADE  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Domingo, 23 de Julho de 2017
Pesquisar...
Qua.
 39° / 15°
Claro
Ter.
 36° / 15°
Claro
Seg.
 31° / 16°
Claro
Torres Novas
Hoje  32° / 13°
Claro
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Multas

Opinião  »  2016-12-14  »  Inês Vidal

"Todos sentem a forte presença e concorrência das grandes superfícies"

O mês de Dezembro tem qualquer magia que torna as pessoas ainda mais consumistas que durante o resto do ano. Não há um dia, especialmente aos fins-de-semana, que não se sinta o reboliço de gente e mais gente em todos os mais que muitos hipermercados de Torres Novas. O mesmo não podem dizer os comerciantes do comércio local. (Sim, este assunto de novo  já velho e cada vez mais actual). Seja na zona alta ou baixa da cidade, todos sentem a forte presença e concorrência das grandes superfícies.

Aos cartões, descontões, parvalhões e outras coisas acabadas em "ões", rebatem com aquilo que de melhor têm e sabem: a proximidade e a individualização de cada cliente. Porque o Manuel não pode nunca ser igual ao João e a mãe de um nunca a mãe do outro. Porque um "m" nunca é só um "m" e um cheiro não assenta ou faz os gostos de todos. Porque nem todos os óculos assentam bem em todas as caras e porque nem todos podemos tomar aquele medicamento, mesmo que seja de venda livre. E ali, no comércio tradicional, seja no centro ou na zona alta, há sempre atrás do balcão alguém que sabe quem somos ou que pelo menos se interessa em vir a sabê-lo.

Mas apesar deste assunto já ser velho e de todos sabermos e sentirmos isto, continuamos a ir em cantigas e cartões, em promoções com grandes "senões". É por isso que nos dá um certo ânimo ver que, passando no centro histórico por exemplo, ali ainda ninguém se rendeu. Todos os anos surgem lojas novas, pessoas que se recusam a acomodar às ditaduras massificadas dos hipermercados e que acham que Torres Novas merece uma alternativa aos produtos que encontramos em prateleiras todas iguais.

E com as novas, se animam as que já por aí vão estando. Só entristece ver que o esforço não é reconhecido por todos. Não bastava já uma concorrência desleal, os comerciantes vêem-se ainda obrigados a lutar contra uma outra força. Uma que passa multas, umas atrás das outras, de bloco em riste, a tudo quanto é carro que para pelo centro. Eu já apanhei uma, o David outra, o António também. Nós não vamos fugir do centro, porque não temos outra opção, mas se pudéssemos, como tantos outros, se calhar optaríamos por outro local para as nossas compras, poupando assim o dinheiro da multa para prendas de Natal. Isto já está difícil só por si... não compliquem mais. Os comerciantes agradecem.

 

 

 Outras notícias - Opinião


Vergílio Ferreira »  2017-07-20  »  Jorge Carreira Maia

Vergílio Ferreira é uma figura simbólica do quadro cultural de nosso país. Simbólica dos limites que a ditadura do professor Salazar fazia cair sobre Portugal, impondo-lhe uma grande distância cultural relativamente ao que se passava na Europa e nos Estados Unidos.
(ler mais...)


Mensageiro »  2017-07-19  »  Inês Vidal

Há por aí uns balofos a dizer à boca cheia que o Bloco de Esquerda comprou o Jornal Torrejano. Que fazemos campanha assumida por um dos partidos com lugar no executivo. Nem nisso são originais. Já o outro dizia que o JT era um pasquim comunista, um boletim da facção então mais à esquerda da mesa camarária.
(ler mais...)


O cérebro: um compartimento muito especial do nosso corpo »  2017-07-18  »  Juvenal Silva

O cérebro é um órgão que se distingue dos outros órgãos do corpo, devido à sua importância no controlo que regula o sistema nervoso e que comanda direta ou indiretamente todas as nossas atividades, desde os movimentos ao raciocínio, da memória ao conhecimento dos pormenores e, também, os processos subtis que regulam o ritmo sono/vigília, o humor, o apetite, as decisões e muito mais funções… Ao contrário das outras células do nosso corpo, que se renovam regularmente, as células do cérebro não só se mantém inalteradas durante toda a vida, pois começam a diminuir em quantidade ao atingir a idade adulta.
(ler mais...)


O que é uma deficiência nutricional? »  2017-07-08  »  Juvenal Silva

Diz-se deficiência nutricional quando certos nutrientes como vitaminas, minerais, hidratos de carbono, lípidos, proteínas, que são essências, estão ausentes na alimentação quotidiana e colocam em risco o equilíbrio do organismo, pela diminuição da força vital.
(ler mais...)


Três avisos e uma remodelação »  2017-07-07  »  Jorge Carreira Maia

A governação de António Costa começa a abrir brechas que só a actual inépcia da direita tem evitado que se transformem num enorme desgaste político. Em pouco tempo, depois da euforia em torno do défice, o país frágil que somos, do ponto de vista institucional, enviou três avisos.
(ler mais...)


Tentações igníferas »  2017-06-26  »  Jorge Carreira Maia

Quando se tornou patente a enorme desgraça que se abatera em Pedrógão Grande percebeu-se, não através do discurso oficial mas do rumor militante das redes sociais, que a direita tudo iria fazer para lançar uma nova fronda.
(ler mais...)


Água é essencial e fonte de vida »  2017-06-21  »  Juvenal Silva

A água é uma necessidade essencial para o organismo e o seu consumo deverá fazer parte dos nossos hábitos diários, durante todas as épocas do ano.

A época de verão merece uma particular atenção e não deveremos esperar pela sede para beber, mas ter o hábito de beber durante todo o dia.
(ler mais...)


Voltemos à ribeira da Boa Água »  2017-06-21  »  António Gomes

Como era expectável com as temperaturas a subirem, os cheiros intensos, nauseabundos e ácidos voltaram em força a toda a zona envolvente da ribeira e, sobretudo, voltaram à casa das pessoas, aos comércios e restaurantes, ao espaço público.
(ler mais...)


Angela Merkel »  2017-06-08  »  Jorge Carreira Maia

O comportamento do presidente Donald Trump na sua estadia em solo europeu teve a utilidade de mostrar que a defesa europeia, através da NATO, se encontra nas mãos de alguém que não é minimamente previsível, sem quaisquer princípios políticos ou, tão pouco, sentido de Estado e das conveniências.
(ler mais...)


A histeria das eleições »  2017-06-07  »  Roberto Barata

Tem-se assistido, nos últimos meses, a uma cavalgada desgovernada de apresentação de projetos, anteprojetos, inaugurações e concursos. As eleições estão ao virar da esquina e, mais do que nunca, o executivo está em pânico para mostrar obra feita.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2017-07-19  »  Inês Vidal Mensageiro
»  2017-07-20  »  Jorge Carreira Maia Vergílio Ferreira
»  2017-07-18  »  Juvenal Silva O cérebro: um compartimento muito especial do nosso corpo